Skip to main content

{Guerra Civil – Filme} C-o-m-e-n-t-á-r-i-o-s- & C-o-n-s-i-d-e-r-a-ç-õ-e-s-!

Compartilhe!

Olá pessoal! Hoje trago para vocês uma postagem diferente, em vez de uma resenha sobre um livro específico, que tal conversar sobre um filme? Mas que filme? Ora, se você por algum motivo preferiu ficar dentro de uma bolha nessa semana e não sabe absolutamente n-a-d-a [a] respeito de um dos mais aguardados filmes do ano………………………. Não tem problema! Confira agora minha simplória opinião entre Livros Vs Filme!

Bem, após ver alguns comentários sobre o filme, conclui que é a velha história: É impossível agradar todo mundo!

Caso você seja um fã de quadrinhos e aprecia, mesmo que não tenha toda a semelhança com a história no papel, os filmes desenvolvidos, parabéns! Você conseguiu se adaptar em  duas realidades diferentes: livro/hq e filme. Sabemos que em sua maioria, preferimos a história contada pelos livros do que sua adaptação para o cinema. Por que isso acontece?

Porque muitas vezes, se não todas as vezes, quando lemos algo, começamos a imaginar tudo aquilo na nossa mente. O poder da leitura é incrível, os personagens ganham não só rostos, mas vida e as batalhas e diálogos se tornam reais para nós! Bem como o ambiente em que a história é retratada, em suma, tudo cria novas cores e animação em nossa mente. De repente, parece que criamos um mundo na nossa cabeça, apenas com as informações e detalhes que os autores nos dão!

Agora, caso você seja aquele fã, que se considera o expert em quadrinhos e não os admite chamar por quadrinhos mas sim por graphic novels e só considera como “bom” o filme se ele for legitimamente igual ao papel, parabéns também!

Não estou aqui para avaliar nenhum desses dois pensamentos, ou pensadores, só gostaria de dizer para ambos: respeitem as opiniões de vocês e as que forem diferentes de vocês!

O objetivo do filme é entreter! A mente de um diretor e escritor podem ser bem divergentes, pois cada um é bom no que faz. O diretor procura sempre deixar o público satisfeito com efeitos, imagens em alta definição e um roteiro onde todos pareçam contribuir para uma história emocionante. O escritor também, esforça-se ao máximo em escrever da melhor forma possível para acalentar, mexer e até enlouquecer a mente dos leitores com boas histórias.

Mais uma vez, não podemos comparar o infinito da nossa imaginação com os limites do que se pode fazer em um filme. Então, antes de você sair julgando um filme porque ele não ficou do jeitinho que você imaginava, lembre-se que na sua mente, você é o diretor e o escritor, sempre poderá ter guardado o melhor com você!

Eu li tanto o livro, quanto assisti o filme. Admito, a história não foi totalmente igual, mas eles conservaram a ideia principal: um confronto entre o grupo de heróis. Por que?

Por conta de vários incidentes envolvendo a segurança de civis, presentes enquanto os Vingadores tentam salvar o mundo, faz com as autoridades governamentais achem mais seguro que eles venham a ser controlados pelo governo. Esse ponto também é divergente entre Livro e Filme.

Caso você queira saber que pontos são esses, deixarei o link da resenha de Guerra Civil para vocês (http://livrosecontos.com.br/2016/01/26/resenha-guerra-civil/ )

Mesmo assim, o filme cumpriu com o seu papel e demostrou ser um verdadeiro filme de ação e na minha minha opinião, tornou uma “simples briga entre amigos” em um combate verdadeiro e com um objetivo.  Fui surpreendida com toda a ação e até a carisma por parte dos personagens com o público. O cinema é um local de diversão e o fato de tanto eu como minha família e amigos, termos saído da sala de cinema felizes com o que assistimos, já valeu a pena!

E não importa qual o lado que você talvez tenha escolhido ficar, Homem de Ferro a favor da legalização dos heróis em conjunto com as Nações Unidas ou o Capitão América, que é a favor da liberdade deles. Tanto o livro quanto o filme fazem leitor e telespectador refletirem sobre os dois lados e o que levou a cada um pensar dessa maneira. Isso é mais um ponto positivo para você ir assistir!

Além disso, vemos que a Marvel durante os últimos anos vem adotando personagens de várias culturas éticas, raciais e religiosas para suas hq’s e inclusive para o filme. Personagens de peso e mostrando também, mulheres na frente de batalha, mostrando a força da união dos gêneros!

Então, o que achou do filme e da história no graphic novel? Ainda não viu o filme ou leu a história? Corre lá e depois deixa seu comentário sobre o que achou desses nossos novos heróis!

 

8 comentários em “{Guerra Civil – Filme} C-o-m-e-n-t-á-r-i-o-s- & C-o-n-s-i-d-e-r-a-ç-õ-e-s-!

  1. Muito boa sua perspectiva! Realmente não seria possível adaptar fielmente tudo da hq e do livro num filme, pois seriam no mínimo necessários 3 ou 4 filmes pra contar toda a história, e também seriam necessários outros personagens na qual a marvel não tem os direitos cinematográficos. Mas o filme foi realmente bom, diferentemente dos quadrinhos, no filme houve um vilão nos bastidores, mas foi bem divertido de ver essa adaptação da guerra civil do universo cinematográfico da marvel.

  2. Parabéns pri… Eu sou fã dos filmes da marvel. Infelizmente ainda não tenho tanto apego a livros com a filmes. Sua visão é maravilhosa a respeito de livros e filmes. Seus textos me deixa na curiosidade de ler os livros aqui citados e espero um dia ser tão amante de livros como sou de filmes. Bju.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mostrar
Esconder