Skip to main content

{Resenha} O Homem que caiu na terra – Walter Davis

Compartilhe!

capa_homem_caiu_terra     Ficção científica/ 224 páginas/ Editora: Darkside.

 

“Se você fosse de Marte estaria sozinho, [ …] .

– Não é preciso.

– O que não é preciso?

– Ser de Marte para se sentir sozinho. Imagino que você já tenha se sentido sozinho muitas vezes. Se sentido alienado. Você veio de Marte? “

O que falar desse livro, desses personagens, dessa escrita maravilhosa? Confesso, esse foi o meu primeiro livro cujo protagonista era um alienígena. Bem atípico para mim, acostumada com personagens tirados da realidade, com personalidades e gostos às vezes parecidos com os meus e que, acima de tudo, eram humanos! Mas então, quer conhecer o nosso excêntrico, cordial, belo e muito educado antheano?

Thomas Jerome Newton, Tommy, para os íntimos! Eis o nosso visitante interplanetário. Ele veio de um planeta muito distante, mas pertencente ao nosso sistema solar, chamado Anthea. Por que ele veio? Bem, o que levou Newton a sair de seu planeta em uma viagem desesperada para a terra foi a urgência de conseguir salvar o seu planeta.

Isso mesmo! Apesar do povo antheano ser bastante inteligente, possuir uma tecnologia bastante avançada e melhor do que a dos humanos, eles não disponibilizavam de recursos naturais básicos, como a água e fontes de energia. Estavam à beira da extinção. Por isso, Newton foi escolhido e preparado durante 10 anos para a sua vinda ao planeta terra. O objetivo era bem simples: viria para o nosso planeta, conseguiria muito dinheiro e depois desenvolveria uma nave que levaria suprimentos que a nossa terra tem, para Anthea.

No entanto, “cá pra nós”, ser humano é fácil? Nós somos frágeis, sentimos dor, tanto física quanto emocional, às vezes somos irracionais, damos vazão à ira e coisas do tipo. Mas e quanto a Newton, ele era afetado por essas coisas? Sinceramente, sim e não. O corpo de Newton é bastante diferente do nosso, dedos longos, não possuía pelos e era bem alto e magro, cabelos brancos e a pela quase translúcida, além disso, seu corpo era muito frágil. Devido a nossa gravidade, Newton sofria muitos ataques em sua estrutura corporal.

homem_caiu_na_terra
Imagens do Filme lançado em 1976. Newton foi interpretado por David Bowie, que teve esse papel como marca de sua estreia no cinema.

E apesar de alguns intempéries em sua jornada, Newton conseguiu concluir bastante de seu objetivo. Tornou-se um bem sucedido empresário e logo um milionário, pois inventava algumas ferramentas bastante eficazes, melhores e mais duráveis que pudessem existir.  Ele decidiu morar em Kentucky nos Estados Unidos e na leitura recebemos mais detalhes sobre a sua moradia e os seus hábitos.

A narrativa do livro é muito tranquila, Newton não é o nosso narrador personagem, mesmo assim, as descrições de suas ações são tão claras e precisas, que nos sentimos olhando para o antheano! A leitura com certeza prende você, pois nos momentos certos, o autor soube descrever mais ou menos da cena, como o ambiente e as demais pessoas que se faziam presentes.

Diante de tamanho sucesso, Newton acaba chamando a atenção dos grandes empresários, cientistas e até da mídia.  Além disso, vemos o nosso antheano passar por algumas reações bem humanas, como a solidão, o desespero e a busca por um real objetivo na vida.

“A maioria dos homens vive em um desespero silencioso.”

As reflexões feitas por Newton no decorrer do livro só nos fazem querer saber mais sobre ele e ouvir mais o que ele tem a nos contar. Passamos a refletir sobre questões bem mais complexas como a guerra, os armamentos nucleares, o preconceito, os esteriótipos, a educação… a leitura está repleta de mensagens nas entrelinhas e sem dúvida, entrou para um dos meus livros favoritos!

P.S: A edição desse livro está incrível! Além de ser capa dura, a borda das folhas são laranjas e a diagramação está muito bem organizada!

homem_que_caiu_terra

P.P.S: Dedico essa resenha à minha irmã, que provavelmente deve conhecer melhor o espaço do que eu! 🙂

3 comentários em “{Resenha} O Homem que caiu na terra – Walter Davis

  1. Muito bom Pri! Eu me interesso bastante quando o assunto é sobre alienígenas.Sua resenha tem o poder de nos seduzir para a leitura.Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mostrar
Esconder